FILA EXPRESS 2011

No final de 2010 Rafael foi procurado para desenhar um sistema de reservas online para restaurantes. Tamanha foi a sinergia que Rafael acabou juntando-se ao grupo e tornou-se sócio-fundador do projeto. Devido as diferenças culturais brasileiras, o time apostou em adaptar os modelos estrangeiros para uma dinâmica mais flexível. Nascia o conceito da a fila virtual. Clientes de restaurantes passariam a conferir o tempo de espera estimado através da internet, e inserir seu nome na fila de espera á distância enquanto se deslocavam para o estabelecimento. O projeto recebeu investimento da Telefonica e operou durante os anos de 2012 e 2015.

O principal desafio do projeto foi o fato dele ser destinado a dois grupos muito diferentes de usuários. De um lado tinhamos frequentadores de restaurantes - acostumados com novidades virtuais - que esperavam gráficos e navegação modernas. Do outro lado tinhamos os gerentes de restaurante que operariam o sistema, pessoas que vem fazendo seu trabalho com papel e caneta há muitos anos e tem alta resistência para novidades. Com isso em mente, o sistema de administração foi desenhado para garantir que qualquer operação pudesse ser feita rapidamente, mesmo nos horários mais cheios da casa. Botões grandes e coloridos, descarte de informações desnecessárias e o mínimo de cliques necessários para efetuar qualquer operação faziam parte da solução.


In late 2010 Rafael was consulted for the design of an online restaurant reservation system. Synergy was so great that Rafael ended up joining as a founding partner. Due to Brazilian cultural differences, the solution was to adapt foreign reservation models to a more dynamic and flexible online queuing system. Customers would now check the estimate waiting time online, and secure their place in line while heading to the venue. The project received an investment by Spanish Telefonica, and operations lasted from 2012 to 2015.

The major design issue involved in this project was the fact that it was meant for two distinct kind of users. In one hand we had a hip early adopter’s group, expecting sleek graphics and navigation. In the other hand, we had the restaurant managers who would operate the system, people who have been doing their jobs with pen and paper for years and resist any kind of interference. With that in mind, the managing app was designed to make sure one could quickly operate it in busy hours. Large colourful buttons, all unnecessary information suppressed and as few clicks as necessary to do any operation.

 
 
 
 
 
mail